PREFA MEIO
DENGUE

Campeões em mandar áudio e figurinhas: veja o que o dono do WhatsApp disse sobre os brasileiros

.

Por Luiz Ricardo em 07/06/2024 às 10:13:06
Brasileiros mandam quatro vezes mais áudios no WhatsApp do que qualquer outro país, disse Mark Zuckerberg durante um evento em São Paulo nesta quinta-feira (6). O CEO da Meta também aproveitou para falar sobre a liberação da assistente de inteligência artificial integrada à empresa no Brasil. Brasil manda 4x mais áudios no WhatsApp do que outros países, diz Zuckerberg

Os brasileiros estão entre as pessoas mais ativas do mundo no Whatsapp e enviam quatro vezes mais mensagens de voz no aplicativo do que qualquer outro país, disse Mark Zuckerberg durante o Meta Conversations, evento global que aconteceu na quinta-feira (6) em São Paulo.

"As pessoas no Brasil enviam mais figurinhas, participam mais de enquetes e enviam quatro vezes mais mensagens de voz no WhatsApp do que em qualquer outro país", afirmou o CEO da Meta (dona de Facebook, Instagram e WhatsApp), Mark Zuckerberg.

"Um país que realmente abraçou o poder da mensageria para se conectar, expressar-se e fazer negócios. Vocês tornaram o 'Zap Zap' algo próprio e vocês estão entre as pessoas mais ativas do mundo no app".

Mark Zuckerberg, CEO da Meta, anuncia novidades para o WhatsApp, Instagram e Facebook em evento realizado em São Paulo

Divulgação/Meta

No vídeo, o fundador da rede social também aproveitou para falar sobre a liberação da assistente de inteligência artificial integrada ao WhatsApp, Instagram, Facebook e Messenger.

A "IA da Meta" deve ser lançada, no Brasil, em julho. A tecnologia promete interagir com os usuários, gerar imagens, criar textos e responder perguntas.

O serviço chega em português e é um assistente virtual (ou "chatbot") que interage com os usuários nas redes sociais das empresas, respondendo a perguntas, criando textos e também gerando imagens.

A iniciativa tenta concorrer com outras IAs do mercado como o ChatGPT, da OpenAI, e o CoPilot, da Microsoft, foi apresentada nos Estados Unidos em abril. A tecnologia usada pela "IA da Meta" é a Llama 3, que é uma espécie de "cérebro" do assistente.

No WhatsApp, por exemplo, a Meta afirma que a IA vai ajudar as empresas, respondendo às perguntas mais populares que são recebidas no aplicativo de mensagens para que possam ajudar rapidamente os clientes a encontrar as respostas que desejam.

Segundo Zuckerberg, o objetivo da Meta é "construir o melhor serviço de IA do mundo".

Mark Zuckerberg afirma que Brasil envia 4x mais áudios no WhatsApp do que qualquer outro país

Meta/ Reprodução

Contas de 'jogo do tigrinho' inundam Instagram

Sonda chinesa coleta amostras do lado oculto da Lua

'Stalking': saiba quando a perseguição na internet se torna crime
Comunicar erro
ODONTOTOP

Comentários

PATOESTE 3