PREFA MEIO
DENGUE

SECRETARIA DE POL√ćTICAS P√öBLICAS PARA MULHERES PROMOVE AULA INAUGURAL DO CURSO DE DOCEIRO

A ação faz parte do eixo Gastronomia do Programa Potencial Feminino, vinculado à Secretaria Municipal de Pol√≠ticas P√ļblicas para Mulheres (SPPM), e qualifica as compet√™ncias, qualidade e prestação de serviços dos alunos.

Por Percival Júnior em 23/05/2024 às 17:27:31

Na tarde desta quarta-feira (22), houve a abertura do curso de Doceiro em Guarapuava. Promovido pela Prefeitura, juntamente com a SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), a ação faz parte do eixo Gastronomia do Programa Potencial Feminino, vinculado à Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM).

"A Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres tem a missão de desenvolver a profissionalização das mulheres por meio do programa Potencial Feminino. Nós temos um programa voltado a cursos profissionalizantes na √°rea da gastronomia, beleza, tecnologia, comércio e indústria. Eu brinco que não é um curso para fazer os docinhos para o anivers√°rio dos nossos afilhados, é um curso profissionalizante. É para essas mulheres saírem daqui com uma oportunidade de trabalho e de renda. Então, espero que elas aproveitem e abracem essa oportunidade", sublinhou a Secret√°ria de Políticas Públicas para Mulheres, Priscila Schran de Lima.

Na ocasião, a Secret√°ria da Pasta relembrou que o CRAM (Centro de Refer√™ncia e Atendimento à Mulher em Situações de Viol√™ncia) conta com atendimento jurídico, social e psicológico gratuito, promove acompanhamento na Delegacia da Mulher e oferece assist√™ncia a todas as vítimas de qualquer forma de viol√™ncia. Apenas no ano de 2023, o local atendeu mais de 900 novos casos de viol√™ncia contra a mulher em Guarapuava.

"A Maria da Penha dizia que a vida começa quando a viol√™ncia acaba, porque a viol√™ncia ela define, infelizmente, muito do nosso medo e das nossas oportunidades. Na secretaria, a gente luta para que as mulheres passem a viver, não só sobreviver. Nós, mulheres, somos muito fortes para estar só sobrevivendo. Temos que viver, realizar sonhos, ganhar dinheiro, vender nossos doces, pensar no futuro dos nossos filhos, sonhar com uma casa melhor e realizar coisas. Isso é ser feliz, e é isso que a gente quer", declarou Priscila.

O curso de Doceiro é uma parceria da Prefeitura de Guarapuava com o SENAC. Segundo a instituição, com tantas opções de empresas especializadas em doces, as compras para consumo são frequentes neste tipo de negócio e cada vez mais, pessoas que pretendem ingressar no mercado de doceiros necessitam de qualificação nas compet√™ncias, qualidade e prestação de serviços.

"Esse curso vem ao encontro da nossa missão, que é educar para o trabalho. Estamos aqui, junto com os nossos parceiros locais, para fortalecer as alunas para a atuação. No fim do curso, aqueles que atingirem as compet√™ncias e que tiverem a propriedade necess√°ria, vão receber um certificado, que tem um reconhecimento nacional. Abrimos portas para o mercado de trabalho, tanto para as empresas que t√™m uma parede enorme de profissionais que estão atuando, como aqueles que também optarem por fazer uma formação, um atendimento em casa, com um profissional autônomo ou uma própria empresa", informou a gerente executiva do SENAC Guarapuava, Marta Gavanski Harmatiuka.

O Potencial Feminino é o maior programa de qualificação profissional do Município. A iniciativa é voltada para as mulheres e homens de Guarapuava, com objetivo da profissionalização e preparação para o mercado de trabalho, por meio dos cursos nas √°reas de gastronomia, beleza, comércio, tecnologia e indústria. Contando ainda com o Potencial Itinerante, que oferece cursos nos Distritos da cidade.

"Nós, da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres, acreditamos que é muito importante a participação dessas mulheres no curso, porque estamos oferecendo uma capacitação e profissionalização para o mercado de trabalho. Porém, mesmo sendo gratuito, a gente precisa da colaboração dessas mulheres, para elas participarem e se dedicarem, de fato, às aulas, porque elas foram as 15 escolhidas entre 100 pessoas ", informou a chefe da Divisão de cursos, Adriele Tomacheski.

O curso é dividido em quatro unidades curriculares. Ao abordar a organização do ambiente de trabalho para produção gastronômicas, controle e organização de estoques em manipulação de alimentos, produção e comercialização de doces, as 15 alunas serão capacitadas para ingressar no mercado de trabalho.

Junto com Marinez Graf, Tatiane Finger Felchak é instrutora do curso de Doceiro. A profissional relatou que a ação é uma grande oportunidade para os profissionais se destacarem na √°rea, sendo um momento de crescimento profissional e troca de experi√™ncia entre as alunas. "O curso de doceiro é bem extenso. É um curso em que a gente trabalha as primeiras unidades curriculares, estudando os conteúdos teóricos como boas pr√°ticas de manipulação. Além disso, abordamos assuntos como estoque, armazenagem, organização e embalagens. Elas também vão estudar um pouquinho sobre precificação e posicionamento de mercado. A parte de confeitaria abre um leque muito grande, bem extenso na parte de doces e lógico que a gente também vai conversar um pouquinho mais sobre a história da confeitaria, como tudo aconteceu e tudo se iniciou", relatou Tatiane.

O curso tem uma carga hor√°ria de 160 horas. As aulas serão nas segundas, quartas e sextas-feiras, entre as 13h30 e 16h30, até o dia 25 de setembro.

"Eu decidi participar do curso porque eu j√° trabalho em casa com doces e eu queria ter um currículo melhor, até para eu entrar no mercado de trabalho e conseguir novas oportunidades. A minha expectativa é aprender mais, atualizar meu conhecimento na √°rea dos doces, porque sempre tem novidades e eu acredito que com o curso eu vou aprender muito mais coisas e técnicas", contou a aluna, Aline Petracisnki.


Comunicar erro
ODONTOTOP

Coment√°rios

PATOESTE 3