PREFA MEIO
DENGUE

Profissionais de segurança pĂșblica vão ter atendimento psicológico

A saúde mental dos profissionais de segurança pública do país será o foco do projeto Escuta Susp, lançado nesta terça-feira (28) pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski.

Por Luiz Ricardo em 28/05/2024 às 19:55:20
Foto: Jornal do Comércio

Foto: Jornal do Comércio

A saúde mental dos profissionais de segurança pública do país será o foco do projeto Escuta Susp, lançado nesta terça-feira (28) pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski.

O Escuta Susp, elaborado em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais, vai disponibilizar atendimento psicológico on-line com um protocolo específico para os agentes de segurança pública.

A partir desta terça-feira a agenda de atendimento já está aberta no Distrito Federal, Minas Gerais, Sergipe e Rio Grande do Norte. Nos outros estados as consultas vão começar em janeiro de 2025. Nesta primeira etapa serão mais de 65 mil sessões.

O projeto abrange as polícias civil e militar, corpo de bombeiros, oficiais de perícia criminal e policiais penais federais e estaduais.

As abordagens propostas no projeto preveem acolhimento, psicoterapia e intervenção em comportamentos que possam levar ao suicídio.

O ministro também assinou portaria que estabelece as diretrizes nacionais de uso das câmeras corporais. São ao todo 16 situação em que os equipamentos devem estar, obrigatoriamente, ligados.

Segurança Serviço integra o Escuta SUSP lançado pelo ministério da Justiça Rio de Janeiro 28/05/2024 - 18:56 Roberto Piza / Eliane Gonçalves Carolina Pessoa Segurança Pública; Saúde Mental; Polícia terça-feira, 28 Maio, 2024 - 18:56 1:11
Comunicar erro
ODONTOTOP

ComentĂĄrios

PATOESTE 3